Suicídio

Na última semana o tema suicídio tem sido bastante recorrente na mídia, nas rodas de amigos, nas redes como um todo.

O que trouxe o tema à tona foi a possível existência do jogo “Baleia Azul”, que propõe desafios que ao final o jogador deve se matar, além da série “Thirteen reasons why” (treze razões do porque) exibida na Netflix.

Independente das motivações da existência de ambos, é preciso criar mais estratégias em nossa sociedade para cuidar das pessoas, em especial, aquelas com comportamento suicida.

Um ponto de atenção é que, tanto a série quanto o jogo, são direcionados ao público adolescente. Sabemos bem que jogos e séries não fazem com que pessoas sejam suicidas e sim suas relações e situações de vida. Nesse sentido, faz-se necessário que reflitamos sobre os relacionamentos que temos construído com os jovens a nossa volta (filhos, irmãos, sobrinhos, vizinhos), produzindo relações saudáveis, que invistam em práticas de alegria, afetos que se sobreponham ao isolamento e ao constrangimento.

Além disso, afirmamos a Terapia como uma importante estratégia de cuidado e acolhimento de nossas dificuldades e angústias, nas diversas fases da vida, inclusive na adolescência, que por si só é um momento de inúmeras mudanças. Precisamos buscar aliados para as situações que enfrentamos na vida e a terapia pode ser um deles.

Trazemos, ainda, o contato útil do Centro de Valorização a Vida, uma instituição que faz um trabalho de prevenção ao ato do suicídio, acolhendo ligações, mensagens e e-mails de pessoas que pensam em cometê-lo.

http://www.cvv.org.br

Telefone: 141

Por fim, apesar de existirem 13 motivos para cometer suicídio, acreditamos que existem outros infinitos motivos para viver!

#comportamento #relacionamento #terapia #psicologia

Posts Relacionados

Ver tudo
TEXTOS RELACIONADOS
AUTORES
Posts Recentes
GUSTAVO
FRANCISCO
MARIANA
UCHÔA 
TEXTOS RECENTES
TAGS
Nenhum tag.
REDES

Todos os direitos reservados - 2017 Coaching e Terapia